Efeitos positivos e negativos das cores no rosto

Coloração Pessoal
FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsApp

Quem me acompanha no Instagram sabe que por lá eu falo bastante sobre Análise Cromática e a importância de descobrir as cores que nos valorizam e realçam nossa beleza.

Quando falamos em Teste de Coloração Pessoal (ou Análise Cromática, mesma coisa) devemos levar em conta as cores que usamos do tronco pra cima, que são as peças superiores – blusas, casacos, colares, brincos, óculos, maquiagem – tudo o que está próximo ao rosto.

Mas aí bate aquela dúvida e as pessoas querem saber se funciona mesmo e de que forma as cores podem realçar nossos pontos positivos e negativos. Não quero entrar muito na parte teórica do processo, e falar em pigmento e subtom de pele, dimensões da cor, e explicar a teoria do teste pra não deixar a leitura chata – fica para outro post mais complexo. Mas só pra vocês entenderem de que forma a coisa funciona, vamos lá:

A Análise Cromática é associada às estações do ano (Primavera, Verão, Outono e Primavera) e cada uma delas possui três variações, o que no total formam 12 nomenclaturas, que são: Inverno puro, inverno vivo e inverno escuro; Verão puro, verão suave e verão claro; Primavera pura, primavera viva e primavera clara; Outono puro, outono escuro e outono suave. Cada pessoa possui as características de uma dessas estações, e cada estação possui uma cartela de cores correspondente, que são as cores que conversam com a coloração pessoal da pessoa.

As cores que conversam, e que favorecem deixam a aparência mais jovem, mais descansada. Elas realçam a beleza natural, como os olhos e deixam a pessoa com uma aparência mais saudável. Elas ajudam a disfarças espinhas, olheiras, manchinhas e linhas de expressão. Já as cores “ruins”, que não favorecem, possuem o efeito contrário. Deixam a pessoa com aparência de mais velha e de cansada. Realçam espinhas, manchas, linhas de expressão e olheiras.

Durante o teste é possível comparar a ver os efeitos positivos e negativos das cores, sobre o rosto, como já foi dito anteriormente. As cores que são usadas do tronco para baixo não refletem no rosto, ou seja, não causam efeito algum. Mas, não significa que você deve se desfazer de todas as peças que são de cores que não lhe favorecem, pois sempre há um jeito. Se a blusa tem uma cor que não lhe favorece, você pode compensar no acessório, e assim vai. Entre em contato comigo para saber mais sobre a Análise Cromática!

 

Mariana Brito

 

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *